Sobre pedidos e negações

Quando alguem que você gosta pedir-lhe algo, não negue… Melhor que isso, quando você tiver certeza que a pessoa quer mesmo isso, que precisa disso, não negue, não importando o que seja, ou quais conseqüências isso vá trazer.

Podem dizer que sou louco, e certamente dirão que sou! Não lhes tiro a razão, talvez eu seja mesmo louco, ou talvez tenha mais juízo que qualquer um, pois eu sei do que preciso e como preciso, eu sei o que devo fazer e o que eu gostaria que fizessem comigo.

Eu sei o que devo pedir… E talvez por isso, eu pedi.

Mas meu pedido me foi negado… Um ultimo gesto, simples, rápido, fácil, era tudo que eu pedia naquele momento, tão simples como dizer uma frase, era tudo que eu pedia e me foi negado… Uma ultima linha antes do próximo capitulo, uma frase final, uma conclusão deste ato do espetáculo…

Algumas vezes encontramos nossas esperanças e sonhos despedaçados e tentamos conserta-los, tentamos nos redimir da doce sensação de ver algo tão perto mas ao mesmo tempo tão longe, tentamos encontrar uma maneira de nos libertar de nossos pecados, uma maneira de pedir perdão não com palavras mas com a mente, com o orgulho, com a consciência e sobretudo com a alma.

Mas isso me foi negado.

Minha redenção me foi negada.

Talvez tudo que eu queria era poder levantar com a cabeça erguida, ainda que sangrando… Tudo que eu queria era poder olhar para o alto feliz por me sentir livre de todas as crenças e ter a falsa certeza que naquele momento eu estava perdoado. Era ter a certeza que podia me levantar não importando quais punições venham com a sentença…

Meu perdão me foi negado.

Tudo que queria era ter a certeza que não importa sob quais condições eu posso contar com uma mão amiga, que estaria disposta a fazer algo por mim, algo que ninguém mais esteve. Certamente ninguém mais entenderá, e sinceramente não ligo que não entendam. Eu mesmo me entendo com minha alma.

Minha compreensão me foi negada.

Ah sim, é fácil dizer que está tudo bem, mas é difícil acreditar nisso! E isso significa que de fato não está! Pode parecer egoísta, sim, mas se alguem quer se redimir por algo que fez, ou que pensa que fez, basta que liberte a alma dessa pessoa, liberte de seus pecados, suas lamentações e anseios… Me negaram quebrar minhas correntes…

Minha libertação me foi negada.

Faz sentido? Não. Mas quem mesmo disse que tinha que fazer sentido? Certamente não fui eu, caso contrário não estaria aqui… Eu teria ficado feliz com isso, com esse ultimo ato… Teria me sentido melhor, pronto para de fato olhar nos olhos no destino e dizer meu nome… Ainda que eu entenda que não é fácil fazer certas coisas, as vezes é necessário… Todos os dias fazemos isso, todos os dias partimos um coração, magoamos alguem, fazemos algo errado e quando temos a chance de fazer algo certo negamos isso como quem nega a verdade… Mas isso me foi negado… Eu queria isso… Eu precisava disso…

Mas me foi negado…

Infelizmente…

PS: Agora é tarde para qualquer coisa.

0 Responses to “Sobre pedidos e negações”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: